Hotéis Associados

Associe seu hotel

Taxa de ocupação do setor hoteleiro de Salvador permanece estável no mês de julho

Apesar da crise decorrente da Avianca, a Taxa de Ocupação de janeiro a julho de 2019 se manteve estável em relação a 2018

Taxa de ocupação do setor hoteleiro de Salvador permanece estável no mês de julho

Taxa de ocupação do setor hoteleiro de Salvador permanece estável no mês de julho

Apesar da crise decorrente da Avianca, a Taxa de Ocupação de janeiro a julho de 2019 se manteve estável em relação a 2018

A rede hoteleira da capital baiana registrou ocupação de 61,50 % no mês de julho, mantendo-se praticamente estável em relação a julho do ano anterior. Já a diária média continua, com um incremento de 28,62%, passando de R$ 218,57 em julho de 2018 para R$ 281,13 em julho de 2019. Deste modo o Revpar (indicador ponderado de taxa de ocupação e diária média) de julho teve um incremento de 27,24%, com R$172,89, situando-se acima do igual período de 2018 (R$ 135,88).

Comparando-se o período de janeiro a junho de 2019, com igual período do ano anterior, verifica-se que a taxa de ocupação média de 2019 (61,54%) manteve-se praticamente estável em relação a 2018 (61,45%), enquanto a diária apresentou crescimento de 24,62% (passando de R$ 233,28 em 2018 para R$ 290,72 em 2019), estimulada pela entrada de novos hotéis de luxo na cidade. Este incremento também pode ser observado no Revpar, nos primeiros sete meses com R$ 178,92 em 2019, uma melhora de 24,80%, se comparado ao mesmo período de 2018 de R$ 143,36. Segundo os dados oficiais do setor apurados pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Seção Bahia (ABIH-BA).

Segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o movimento de passageiros no aeroporto de Salvador apresentou uma queda de 4,85% no número de passageiros de janeiro a junho de 2019, se comparado a igual período do ano anterior, contribuindo negativamente nos indicadores de desempenho da hotelaria. 

De acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-BA), Glicério Lemos, apesar da crise da Avianca e queda no número de passageiros, a entidade tem conseguido através de ações promocionais, contornar a atual conjuntura no número de voos para Salvador.

“Apresentamos resultados expressivos neste mês de julho e no acumulado do ano devido às ações de Road Shows e FAM Tours realizados pela ABIH-BA em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), promovendo o Destino Salvador nos principais pólos emissores e capacitando agentes e operadores de viagem. Já visitamos o Paraná, Aracaju e Chile e estão previstas qualificações para Salvador, São Paulo, Uruguai, Argentina, Brasília, Goiânia e Anápolis, Belo Horizonte, Betim, Contagem, Divinópolis, Porto Alegre e Festuris”, afirma.

“Além disso, nos dias 7 e 8 de agosto, tivemos o maior evento de turismo na capital baiana, o Hospitality Experience, Experiência Braztoa e Rodada de Negócios, no Porto Salvador Eventos. Estes eventos reuniram na capital baiana aproximadamente 1000 profissionais do turismo entre operadores, agentes de viagem e hoteleiros,  proporcionando para o trade turístico capacitação, network, palestras com temas relevantes para o setor, oportunidades de vendas diretas e novos negócios, fomentando a economia local”, complementa Lemos.

Os números são fruto da Pesquisa Conjuntural de desempenho (Taxinfo), realizada em parceria entre a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – seções Bahia e Brasil. Os dados são fornecidos diariamente pelos próprios hotéis ao Portal Cesta Competitiva e a média resultante constitui indicador para avaliar a evolução da atividade de hospedagem em nossa capital.



Comentários


Hotéis Associados

Associe seu hotel

Publicidade