Hotéis Associados

Associe seu hotel

Bahia perde Paulo Gaudenzi, maior ícone do Turismo no Estado

Falecimento de Paulo Gaudenzi, referência para o turismo baiano, atuou de forma incisiva na promoção do Destino Bahia e no crescimento do setor

Bahia perde Paulo Gaudenzi, maior ícone do Turismo no Estado

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA) comunica com pesar o falecimento de Paulo Gaudenzi, ex-secretário de Cultura e Turismo do Estado. Paulo faleceu aos 74 anos, na segunda-feira, 4, no Hospital Português, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) por conta de complicações renais.

Paulo Gaudenzi foi uma referência para o turismo baiano, atuando de forma incisiva na promoção do Destino Bahia e no crescimento do setor. Nos anos de 2014 a 2017 comandou a vice-presidência da ABIH-BA por dois mandatos e fez parte da Comissão de Turismo Integrado do Nordeste (CTI-NE). Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Federal da Bahia e Licenciado em História pela Universidade Católica de Salvador. Foi por 12 anos secretário de Cultura e Turismo da Bahia, durante os governos Antonio Carlos Magalhães e Paulo Souto, sendo responsável por desenvolver e implantar o plano estratégico do turismo no Estado, nos anos de 1980 e 1990, levando a Bahia ao topo do turismo nacional.

Presidiu ainda a Empresa de Turismo da Bahia (Bahiatursa) e foi também um dos responsáveis pela criação da Promoexport, no final de 1970, sistema que objetivava a promoção e incremento das atividades de exportação da região, e por presidir, durante o Governo Roberto Santos, a empresa criada para construir e gerir o Centro de Convenções da Bahia, inaugurado em 1979. Ao longo da carreira, Paulo Gaudenzi publicou cinco livros e proferiu mais de 150 conferências e palestras no País e no mundo. 

Sem dúvida Paulo foi um grande representante do setor e deixará na história do turismo o seu legado.



Comentários


Hotéis Associados

Associe seu hotel

Publicidade